domingo, 25 de dezembro de 2011

DISTRIBUIR PERDÃO

A caridade tem muitas faces. Ela aparece às vezes como bondade que se revela na doação de uma esmola.
Outras vezes, como visita ao encarcerado. Está na presença de um enfermo, com a fisionomia de consolo.
Lá adiante, eu vejo acariciando uma criança. Dentro de casa, suportando as diferenças. Na escola, ensinando
a quem não sabe. Frente ao órfão, enxugando as lágrimas. Nas horas mais dificeis, consolando aflitos.
Mas, eu a vejo mais bela é quando distribui o PERDÃO.