sábado, 23 de maio de 2015

MITOS DA TECNOLOGIA - SINAL DE TELEFONIA E INTERNET MÓVEL

Nem tudo o que brilha é ouro, diz o ditado. “Traduzindo” a frase, podemos dizer que nem tudo que parece algo é aquilo de fato — e podemos dizer sem medo que, tratando de tecnologia, nem tudo que parece verdade é verdade.
Informações desencontradas, incompletas ou baseadas em impressões de usuários acabam gerando uma série de mitos. Assim, conforme o tempo passa, os mitos são espalhados por aí e acabam grudando no inconsciente coletivo, parecendo verdadeiros. Mas, como todos os mitos, eles não são.
Durante a semana, irei postar mitos da tecnologia, e o primeiro é sobre o sinal da Telefonia Móvel.


1. MAIS BARRAS SIGNIFICA MELHOR SINAL DE TELEFONIA E INTERNET MÓVEL


No topo da tela do seu telefone celular, seja ele um smartphone ou não, você já deve ter reparado o indicador da rede de telefonia e internet móvel. Muitas pessoas pensam que, quanto mais cheio aquele medidor, melhor será o sinal para realizar e receber chamadas ou acessar a internet pelo 3G/4G — isso não é verdade.
Uma barra cheia indica apenas que o sinal é forte, que você está próximo de uma torre de transmissão, por exemplo. O indicador não mede a qualidade deste sinal e ela pode ser inferior se muitas pessoas estiverem na mesma região usando o mesmo serviço. Em suma, uma barra cheia significa um sinal forte, não necessariamente um sinal de qualidade.


No topo da tela do seu telefone celular, seja ele um smartphone ou não, você já deve ter reparado o indicador da rede de telefonia e internet móvel. Muitas pessoas pensam que, quanto mais cheio aquele medidor, melhor será o sinal para realizar e receber chamadas ou acessar a internet pelo 3G/4G — isso não é verdade.
Uma barra cheia indica apenas que o sinal é forte, que você está próximo de uma torre de transmissão, por exemplo. O indicador não mede a qualidade deste sinal e ela pode ser inferior se muitas pessoas estiverem na mesma região usando o mesmo serviço. Em suma, uma barra cheia significa um sinal forte, não necessariamente um sinal de qualidade.