sábado, 30 de abril de 2016

SE EU QUISER REDUZIR ALGO, VAI SER O COLESTEROL. SAIBA QUAIS ALIMENTOS,

Saiba quais são os alimentos que o ajudam a reduzir o colesterol

Hoje, cada vez mais pessoas têm problemas de colesterol e eles começam cada vez mais cedo. Factores externos como uma alimentação adequada, obesidade sedentarismo, tabaco, diabetes e hipertiroidismo são algumas das causas deste fenómeno. Embora muitas vezes estas complicações tenham origem genética através de um estilo de vida activo e uma alimentação adequada é possível manter o colesterol num nível saudável.

Um dos problemas que o excesso de colesterol apresenta é o facto de ele não causar sintomas perceptíveis até que o seu valor já seja exageradamente alto. Esta é a razão pela qual é importante fazer análises sanguíneas regulares para não deixar o nível subir para valores demasiado difíceis de recuperar.

O colesterol é um lípido fabricado pelo organismo e que é necessário à manutenção do mesmo. Ele divide-se em dois tipos de colesterol, o chamado “bom” colesterol e o “mau” colesterol. Embora os dois cumpram funções vitais o chamado “mau” colesterol é aquele que em excesso pode trazer sérios prejuízos para a saúde.

O colesterol HDL, ou de alta densidade, ou colesterol “bom” ajuda o organismo a controlar os níveis de colesterol “mau” ou LDL no sangue.
O colesterol LDL, ou colesterol “mau” , quando em excesso compromete a circulação sanguínea, bloqueando as veias e artérias o que pode causar sérias complicações para a saúde de todo o organismo.

Os níveis aconselhados de colesterol variam de pessoa para pessoa mas genericamente é considerado normal um valor total (HDL e LDL) de 200mg/dl em que o valor do colesterol HDL é superior 60mg/dl.


1 Salmão
Muitas pessoas já conhecem os benefícios do consumo regular deste peixe. Incluir salmão fresco na dieta 2 ou 3 vezes por semana contribui para uma boa manutenção dos níveis de colesterol. Apesar de ser denominado um peixe gordo, o salmão não contém colesterol nem gorduras instauradas na sua composição. Ele é rico em ácidos gordos EPA e DHA (omega 3) que ajudas a controlar o nível de triglicéridos e a subir o nível de colesterol HDL (bom colesterol).


2 Soja e Derivados
A soja contém uma boa dose de proteínas vegetais, fibras, vitaminas e minerais. Ela ajuda a baixar os níveis de mau colesterol (LDL) e contem um baixo valor de gorduras saturadas.
Comer pequenas doses de soja diariamente ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue.



3 Aveia
A aveia é rica em fibra, o que ajuda o organismo a absorver o colesterol LDL do sangue contribuindo para baixar os seus valores. A aveia tem também um efeito saciante o que evita o consumo de outros alimentos mais prejudiciais
Substitua os cereais de pacote por uma taça aveia de manhã ao pequeno almoço. Não só está a contribuir para a boa manutenção dos níveis de colesterol como também se sentirá saciado evitando comer outros alimentos como açúcares. Em alternativa pode também introduzir aveia em batidos com leite ou iogurte. Tomar uma pequena dose de aveia regularmente ajuda o corpo a manter uma actividade metabólica regular.

4 Sumo de laranja
2 ou 3 copos por dia de sumo de laranja acabado de espremer ajuda a reduzir os valores de colesterol mau (LDL) devido ao seu teor em vitamina C, flavonoides e fibra. Se não lhe for possível beber sumo acabado de espremer não opte por sumo de pacote, é preferível comer uma ou duas laranjas em vez disso. A vitamina C degrada-se facilmente com a luz e depois de exprimido o sumo perde grande parte das suas propriedades.



5 Amêndoa
O consumo regular de amêndoas pode ajudar a reduzir a possibilidade de doenças cardio-metabólicas. Estes frutos contém fibras, gorduras monosaturadas e poliinsaturadas. Estes compostos quando ingeridos regularmente e com moderação (cerca de um punhado por dia) ajudam a aumentar os níveis de colesterol HDL (bom colesterol).





6 Chá verde
Beber 3 ou 4 chávenas de chá verde por dia ajuda a reduzir o nível de colesterol LDL prevenindo a absorção de colesterol no tracto digestivo ao mesmo tempo que previne a formação de placas nas veias e artérias.






7 Azeite
O azeite em moderação ajuda a baixar os níveis de colesterol LDL através do seu conteúdo em gorduras monosaturadas. Por ter um teor elevado em calorias o azeite deve ser tomado com moderação, cerca de 2 colheres de sopa por dia é a dose aconselhada.






8 Abacate
O abacate é rico em gorduras monosaturadas que ajudam a reduzir o colesterol LDL assim como a aumentar os valores de colesterol HDL. O Abacate é também um superalimento pois contém uma porção de nutrientes essenciais como vitaminas do complexo B, vitaminas K, proteínas, fibras e outros minerais.



9 Chocolate negro (acima de 60%)
Consumir chocolate negro com teor de cacau superior a 60% em pequenas doses regularmente (cerca de 1 ou dois quadrados por dia) contribui para reduzir os níveis de mau colesterol. A teobromina, um composto presente no chocolate negro ajuda a subir os valores de colesterol bom (HDL), por outro lado os seus antioxidantes e flavonoides previnem a formação de bloqueios nas veias e artérias.


10 Alho
O alho ajuda a baixar os níveis de colesterol, assim como tem uma acção anticoagulante contribuindo para melhorar a circulação sanguínea.
Inclua na sua dieta diária cerca de 2 a 3 dentes de alho crus. Pode colocá-los no tempero de saladas e sopas.







Boa dieta!!!