quarta-feira, 25 de abril de 2012

OUVIR E DEPOIS FALAR

Somos seres ansiosos para falarmos e falarmos e falarmos, e sempre tem alguém que diz - "Se tivesse calado, não tinha acontecido isso..", pois bem, o autor desta frase, está completamente certo, às vezes o silêncio nos ensina mais do que demasiadamente falar.

Consta que um conhecido entrevistador de TV afirmou Por experiência: "Descobri que sempre que fico calado, acabo aprendendo alguma coisa a mais". Deveríamos ter ansiedade em aprender, não em falar. A recomendação de sermos tardios falar requer cautela. A pressa em falar leva-nos a dizer coisas erradas, e também no tempo errado.

Jesus Cristo no seu injusto julgamento, seu silêncio­ perturbou a todos. Quantos apelos houve para que falasse, e ele ouvia calado!

Por isso, é bom ouvir e depois falar, para  que possamos chegar a uma conclusão sábia. Não adianta falar precipitadamente, não leva a nada..a calma em ouvir é melhor.