segunda-feira, 21 de maio de 2012

COMO VOCÊ ENTENDE A FÉ ?


A fé como eu a entendo não é fácil de traduzir em palavras. Talvez possa ser assim expressa: creio que, apesar do seu absurdo patente, a vida ainda assim tem um sentido; eu me resigno a não poder perceber esse sentido com a razão, mas estou pronto a servi-Io, mesmo que para tal tenha que me sacrificar. A voz desse sentido, ouço-a em mim mesmo, nos instantes em que estou completo e verdadeiramente vivo e alerta. O que a vida exige de mim nesses instantes quero tentar realizar, mesmo indo contra os padrões vigentes e as leis comuns.
Ninguém pode ter essa crença sob imposição, nem se forçar a ela. Só pode vivê-Ia. Assim como o cristão não pode merecer a graça, forçá-Ia ou arrebatá-Ia, mas apenas vivê-Ia com fé