quarta-feira, 25 de março de 2015

PARA PREVENIR UM CÂNCER, ANGELINA JOLIE DECIDE RETIRAR OS OVÁRIOS E AS TROMPAS



Angelina Jolie anuncia extração de ovários e trompas para evitar câncer
Decisão da atriz provocou debate sobre uso dos resultados de exames genéticos. Em 2013 ela já havia retirado os seios em dupla mastectomia.

A atriz Angelina Jolie publicou nesta terça-feira (24) um artigo no jornal The New York Times que provocou discussão o dia todo. Para prevenir um câncer, ela decidiu retirar os ovários e as trompas.
O relato da atriz de 39 anos é sincero e comovente. No artigo "o diário de uma cirurgia", Angelina Jolie diz que está cumprindo uma promessa que fez há dois anos, quando retirou os seios em uma dupla mastectomia: deixar as mulheres informadas sobre seus próximos passos na prevenção ao câncer.
Em 2003, um mapeamento genético revelou que a atriz tem uma mutação no gene brca-1. E que teria 87% de risco de desenvolver câncer de mama. Por isso, fez a primeira cirurgia. O exame também apontou um risco de 50% de surgimento de câncer de ovário. A mãe de Angelina descobriu esse tipo de câncer aos 49 anos e morreu. A atriz também perdeu a avó e uma tia para a mesma doença.
Angelina Jolie faz acompanhamento médico regular. Os exames de imagem - como o ultrassom - mostravam que estava tudo bem, mas um exame de sangue deu sinais de que um câncer poderia estar surgindo. Angelina afirma que conversou com vários médicos. E, movida pelo desejo de ver os filhos crescerem e de - no futuro - conhecer os netos, decidiu retirar os ovários e as trompas de falópio. A biópsia, feita em seguida, apontou a presença de um tumor benigno, mas nenhum sinal de câncer.