quarta-feira, 20 de maio de 2015

UMA LENDA URBANA - Ligações do Além

Ligações do além

A história perfeita para assustar os mais sensíveis narra alguém que recebe múltiplas ligações de um amigo ou parente. Até aí tudo bem, mas depois ele descobre que essa pessoa esteve morta o tempo todo e fez as ligações do além. Quem não gosta de uma história de fantasmas, hein?
A realidade: Sim, elas já aconteceram na vida real. Aliás, as ligações vindas dos mortos tornaram parte do imaginário popular e muitas pessoas têm algum caso para contar. Na ficção elas são citadas desde 1964 e muitos programas de TV já abordaram o tema.

O caso mais ilustre – e assustador - é o do funcionário do aeroporto internacional de Satl Lake City, Charles Peck. No dia 12 de setembro de 2008 ele estava com outras 225 pessoas em um trem que se acabou se chocando com outro trem em Los Angeles, na Califórnia. A violência do acidente deixou 135 feridos e 25 mortos. Charles, que havia ido a uma entrevista de emprego, estava entre os mortos, mas isso só seria descoberto muitas horas depois do acidente. A família viu o noticiário mas tinham esperanças de que Charles estava vivo e bem, talvez apenas preso nas ferragens – afinal, receberam 35 ligações do celular dele nas 11 horas seguintes ao acidente. Sua noiva, seu filho, seu irmão, sua madrasta e sua irmã receberam as chamadas durante toda a noite. Quando atendiam, não escutavam nada além de estática, e quando ligavam de volta a ligação caía na caixa postal.


O corpo de Peck foi localizado doze horas depois do acidente, e o sinal do celular ajudou em sua localização fazendo com que os socorristas checassem novamente o primeiro trem, de onde estavam vindo todas aquelas ligações.

Até hoje é um mistério como as ligações foram feitas, mas é um fato que após a morte de Charlie, seu celular ligou repetidamente para as pessoas que ele mais amava e levou as equipes de buscas até seu corpo. Detalhe: até hoje não há notícias se o celular foi encontrado no local do acidente.

http://gcn.net.br