sexta-feira, 4 de setembro de 2015

“Fui esfaqueada por R$ 50”, diz estudante ferida em assalto no Rio

Mila Filippo postou em seu perfil no Facebook ferimento provocado por garoto que a assaltou no Recreio Arquivo Pessoal/Rede Record

A estudante Mila Filippo, de 24 anos, esfaqueada por um menor de idade durante assalto na última terça-feira (1º) no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro, afirma que foi ferida por golpes de faca por causa de R$ 50. Esse foi o valor que o adolescente que aparentava ter 13 anos roubou da mochila dela.

Em entrevista ao Balanço Geral RJ (veja abaixo), a estudante disse que reagiu ao assalto por acreditar que o adolescente não estava armado. Ela, porém, foi surpreendida por uma faca e teve nove cortes no braço esquerdo. Mila, que chegou a postar o ferimento em seu perfil no Facebook acompanhado de um desabafo, questionou a atitude do menor que, segundo ela, deveria estar em uma escola.

— Se achando o dono do mundo, me dando tapa na cara, ele foi muito agressivo (...) um menor que deveria estar na escola ou fazendo outras coisas da vida me esfaqueou para levar R$ 50. É triste por ter visto uma criança com 13 anos, que poderia ter outra vida, me esfaqueando com a maior violência.

Mila Filippo voltava do trabalho, por volta das 20h30, quando foi abordada pelo adolescente na rua Maurício da Costa Faria, no Recreio. Ela reclamou da falta de segurança na região onde o crime aconteceu, que, de acordo com ela, é escura e não tem policiamento.

Morte no mesmo bairro

O corpo de Ana Lúcia Neves, de 49 anos, deve ser sepultado nesta sexta (4), em capela do Cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul. Ana Lúcia era mulher do diretor do trem do Corcovado, Sávio Neves — primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e sobrinho do vice governador do Rio, Francisco Dornelles. 

Segundo uma testemunha, a vítima resistiu à tentativa de um criminoso de colocá-la dentro do carro dele. O crime aconteceu na rua Alfredo Baltazar da Silveira, no Recreio, na quarta-feira (2). Ana Lúcia morreu com um tiro no peito, após ter o carro fechado perto da academia que frequentava. Um homem desceu do veículo e, após discussão, atirou em Ana Lúcia.