quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

O MESTRE, O DISCIPULO E A JOVEM, e uma pequena lição de vida.




Tanzan e Ekido certa vez viajavam juntos por uma estrada lamacenta. Uma pesada chuva ainda caía, dificultando a caminhada. Chegando a uma curva, eles encontraram uma bela garota vestida com um quimono de seda e cinta, incapaz de cruzar a intercessão. 


"Venha, menina," disse Tanzan de imediato. Erguendo-a em seus braços, ele a carregou atravessando o lamaçal.

Ekido não falou nada até aquela noite quando eles atingiram o alojamento do Templo. Então

ele não mais se conteve e disse:

"Nós monges não nos aproximamos de mulheres," ele disse a Tanzan, "especialmente as

jovens e belas. Isto é perigoso. Por que fez aquilo?"
"Eu deixei a garota lá," disse Tanzan. "Você ainda a está carregando?"

--------------------------------------------------------------------------------
Na vida levamos fardos que apenas consomem o intimo e a paz da gente, se o simples entendimento das coisas é a solução dos mais "complicados" problemas. Utilizamos preconceitos para definir o modo de vida da gente, utilizamos opiniões de outros para definir como viver e, sem usufruir das mais sábias palavras divinas, nos importamos muito do cisco no olho do próximo e não vemos a trave nos próprios olhos.